Saiba se o playground infantil do seu condomínio é seguro

Depositphotos_39185551_m-2015.jpg.jpeg

Ter um playground infantil no condomínio é uma tranquilidade para famílias com crianças pequenas. Afinal, o espaço destinado ao entretenimento das crianças representa não apenas uma opção de lazer no prédio, mas também uma ótima oportunidade para que seus filhos conheçam novos amiguinhos.

Porém, antes de deixar que as crianças brinquem à vontade no parquinho, é importante conferir se os brinquedos são seguros, se a manutenção está em dia e se há alguma atividade que ofereça riscos aos pequenos. Neste post, trazemos dicas sobre como avaliar a segurança do playground infantil para deixar seus filhos brincando com mais tranquilidade. Confira!

Normas de segurança

Muita gente não sabe, mas os parques infantis são regulamentados por normas de segurança da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Isso significa que existem normas e diretrizes de segurança que orientam a produção de brinquedos para playgrounds infantis.

As normas brasileiras são inspiradas nos padrões utilizados na Inglaterra, considerados muito rígidos. Portanto, seguir as normas técnicas brasileiras é uma boa indicação de que os brinquedos são seguros.

Como avaliar a segurança dos brinquedos?

De acordo com as normas da ABNT, os brinquedos para playground infantil devem ter os cantos arredondados para evitar acidentes, serem coloridos utilizando tintas atóxicas, terem os parafusos embutidos e galvanizados (para não enferrujar) e não soltar fiapos. No caso dos brinquedos de madeira, atenção especial à conservação, pois este tipo de material pode soltar farpas ou lascas.

As normas também preveem áreas de circulação entre os brinquedos, para evitar que as crianças se machuquem por estarem utilizando brinquedos diferentes em uma área muito pequena. Além da adequação às normas, é importante que o playground infantil tenha manutenção constante para evitar acidentes e garantir a durabilidade dos brinquedos. Com esses cuidados, você terá mais tranquilidade ao deixar o seu filho curtindo a área de parquinho do seu condomínio!

Localização

Outra questão a ser considerada é a localização do parquinho. O ideal é que seja longe das áreas de passagem e circulação de veículos, como as garagens. Preferencialmente, em um andar diferente ou em um local sem acesso às áreas de circulação. Também é importante verificar se o local é arejado e se há espaço para crianças de diferentes idades.

Piso

Crianças correm, pulam e brincam. Eventualmente, acidentes acontecem e elas caem no chão. Por isso, um dos itens a serem observados no playground infantil é o tipo de piso. O ideal é que tenha algum tipo de amortecimento, como as placas de espuma EVA, pisos sintéticos e até mesmo areia, no caso de parquinhos externos. Dessa forma, a criança se machuca menos quando cai. Cimento e asfalto são motivo de alerta, pois podem resultar em machucados mais graves.

Para se ver livre dessas preocupações, uma ótima alternativa é procurar uma empresa especializada na montagem e na manutenção de playground infantil para prédios e condomínios. Assim, as famílias poderão ficar mais tranquilas em relação à segurança dos brinquedos e às boas condições de uso e manutenção dos mesmos para dar mais liberdade às brincadeiras das crianças, tão importantes para o desenvolvimento e a socialização!

Gostou dessas dicas? Tem outras dúvidas sobre segurança no playground infantil? Deixe um comentário!

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo