Kids friendly: saiba como levar este conceito para seu estabelecimento

kids-friendly-saiba-como-organizar-seu-estabelecimento

Entre os restaurantes, cresce cada vez mais o conceito de kids friendly: espaços que as famílias podem frequentar confortavelmente ao lado das crianças, e que estão preparados para receber e divertir os pequenos.

Esse crescimento se deu com mais força nos últimos anos, após surgirem várias matérias em sites de notícias e posts nas redes sociais de consumidores relatando casos de estabelecimentos ao redor do mundo que não aceitavam a entrada de crianças, fato que ainda gera bastante polêmica.

Um exemplo que deu o que falar aqui no Brasil, inclusive, foi a de uma apresentadora de TV que foi duramente criticada por defender o direito de os restaurantes restringirem o acesso dos pequenos.

Mas se você quer agregar esse nicho de mercado em seu estabelecimento, ou seja, de famílias frequentando o seu espaço sem restrição de idade, então você precisa adotar o conceito de kids friendly.

Para isso, continue a leitura e descubra como fazer isso!

A importância dos estabelecimentos kids friendly

Nós sempre falamos aqui no blog sobre como é importante promover nas crianças o desenvolvimento social delas. Afinal de contas, hoje em dia elas já crescem inseridas no contexto tecnológico, tornando-se muitas vezes “crianças de apartamento” sem muito contato com o mundo exterior.

Nesse sentido, o conceito de kids friendly torna-se um grande aliado dos pequenos, que encontram uma forma bem divertida para passarem um tempo com suas famílias e também aprenderem a conviver com outras crianças além de seus vizinhos e colegas de escola.

As vantagens de estabelecimentos kids friendly também atinge em cheio os adultos, que acabam tendo mais opções de lazer e entretenimento para curtir em família e sair um pouco da rotina.

Afinal, se você tem filhos, provavelmente já passou pela situação de não poder ir a algum lugar por não ter como levá-lo ou não ter com quem deixá-lo, não é mesmo?

Dicas para colocar em prática o conceito de kids friendly

A seguir, separamos três dicas essenciais para você reorganizar o seu estabelecimento para receber os pequenos:

1. Monte um espaço infantil

Um dos primeiros itens que vêm à mente quando se fala em estabelecimento kids friendly é a existência de um playground infantil. Afinal de contas, é uma das melhores formas para os pequenos gastarem toda aquela energia enquanto seus pais também aproveitam o local.

Nesse sentido, escolha um playground que atinge a faixa etária das crianças que frequentam o seu restaurante. Uma boa dica são os playgrounds de madeira plástica, que são excelentes em termos de custo-benefício. Tem um post aqui que relata todas as vantagens desse material.

Ainda falando em playground, outra dica importante é que ele deve ser monitorado por alguém que esteja preparado para lidar com eventuais desentendimentos entre os pequenos, garantindo a segurança deles e a tranquilidade dos pais. Certamente esse é um ponto bastante positivo de estabelecimentos kids friendly.

Além do playground, outra boa dica é você montar um pequeno espaço cultural para as crianças, com livros infantis e também folhas e lápis de cor para que elas tenham um momento de contato com cultura e arte. Quem sabe você também não promova eventos de contação de histórias e brincadeiras guiadas em dias específicos.

2. Tenha um cardápio especial para os pequenos

Não adianta ter um playground incrível se na hora de o pequeno comer não tem um cardápio especial para ele. Isso faz com que os pais paguem a mais por um prato de adulto ou tenham que dividir a sua comida com eles.

Então, crie um cardápio especial rico e variado – não adianta só oferecer algumas opções de hambúrgueres menores!

3. Treine a sua equipe de atendimento

Toda a sua equipe de atendimento deve ser treinada para lidar com as crianças — que, sim, muitas vezes dão chilique, correm para todo lado, choram e fazem sujeira.

É claro que um restaurante ou outro estabelecimento kids friendly não é um convite aos adultos para deixarem as crianças sem controle, mas os funcionários devem conseguir lidar com os contratempos com simpatia e paciência.

Exemplos de estabelecimentos com o conceito de kids friendly

Para você ter uma ideia ainda mais concreta de como o conceito de kids friendly pode ser colocado em prática em seu estabelecimento, separamos alguns excelentes exemplos de alguns restaurantes que abraçaram a tendência:

COZINHA RÁPIDA

Quando estamos com fome, não vemos a hora de nossa comida ficar pronta — e não há ninguém mais impaciente do que uma criança faminta!

Em São Paulo, o Restaurante America percebeu isso rapidinho — e, além de não demorar para servir os pedidos, faz questão de preparar o prato da criança primeiro.

Além disso, se a criança vai comer algo que precisa ser cortado, o garçom já traz um par de talheres grandes para você cortar, e outro menor para a criança comer.

DIVERSÃO PARA OS ADULTOS

Como mencionamos, o sucesso da tendência kids friendly é também por oferecer opções de lazer aos adultos que precisam levar as crianças juntos.

Reúna seus amigos — e os pequenos! — no Hocca Bar, também em São Paulo. Oferecendo a comida deliciosa de boteco que agrada a todas as idades, o espaço tem mesas que comportam confortavelmente cadeirinhas de criança e carrinhos de bebê.

BRINCADEIRAS E CULTURA

No Jardim Paulista, o restaurante argentino La Caballerizza conta com um excelente espaço kids para brincadeiras. E, nos fins de semana, o lugar fica ainda mais imperdível para os pequenos: há equipes especializadas de recreação, espaço para fazer tatuagens temporárias e exibição de filmes infantis.

E então, pronto para deixar o seu estabelecimento kids friendly?

Então vamos começar pelo espaço kids: separamos este post aqui te ensinando como montar o seu. Se ficou com alguma dúvida, deixe o seu comentário logo abaixo. Até a próxima!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo