Hora do recreio: como deixar esse momento mais divertido e saudável?

hora-do-recreio-como-deixar-esse-momento-mais-divertido-e-saudavel.jpeg

A hora do recreio é, sem dúvidas, o momento mais aguardado pelas crianças. É a hora de brincar, se divertir, soltar as energias e extravasar. Além disso, também é o momento do dia que as crianças possuem para interagir umas com as outras e socializar, e isso é de extrema importância para o crescimento e desenvolvimento delas como ser humano.

E para que a hora do recreio seja realmente divertida e saudável, deve-se tomar alguns cuidados. Quer saber mais sobre o assunto? Continue lendo este post e veja o que não pode faltar na hora do recreio!

Lanche saudável

Normalmente, os pais se preocupam com o almoço das crianças, fazendo-os comer verduras, legumes, feijão e carne, e com a sobremesa, quando uma fruta cai muito bem. Mas, quando chega a hora do lanche, é possível notar um leve descuido. É muito comum as crianças levarem para a escola biscoitos recheados, salgadinhos, sucos de caixinha e vários outros produtos industrializados, que não escolhas muito saudáveis.

Uma ótima opção, e que agrada muito os pequenos, são os sanduíches. Um sanduíche bem colorido, com pão integral e carne magra, por exemplo, é um lanche perfeito. E para não deixar tudo muito corrido pela manhã, você pode preparar o lanche de noite e envolve-lo em um plástico filme, para não estragar.

A própria escola também pode investir em lanches mais saudáveis — pode ser até um diferencial quanto à concorrência. Oferecer salada de frutas, sucos e sanduíches naturais, ou até opções de alimentos sem glúten pode ser uma boa escolha.

Recreio dirigido

É muito importante que as crianças façam atividades diferentes na hora do intervalo. Alguns podem até preferir jogar bola todos os dias, mas outros não. Portanto, os professores e monitores da escola podem investir no recreio dirigido.

Aqui, eles podem promover a interação entre outros grupos e turmas de outras salas. É possível brincar de jogos de tabuleiro, cartas, ou dominó, para os mais velhos, e brincadeiras tradicionais, como amarelinha, esconde-esconde e pega-pega também são excelentes para a diversão em grupo.

Maior socialização

É muito importante que os profissionais prestem atenção naquelas crianças que costumam ficar mais isoladas na hora do recreio. Pode ser que ela seja apenas tímida e não saiba como interagir com outras crianças de forma descontraída. Neste caso, o recreio dirigido também pode ser uma boa opção para incluí-la..

Existem crianças que são realmente mais quietas e que não gostam muito de brincadeiras que exijam muita energia. Nesses casos, que tal montar uma roda de leitura? As crianças podem falar sobre os livros que estão lendo e deixar a imaginação falar mais alto, além de servir como incentivo à própria leitura.

Playground infantil

É essencial que as escolas tenham um pequeno parque para dar mais opções de brincadeiras às crianças — é um investimento saudável que traz um diferencial. O playground ajuda também a aumentar o contato entre as crianças, já que é um espaço onde várias pessoas podem se divertir ao mesmo tempo. Assim elas conseguem fazer mais amigos, e com mais facilidade.

Na hora de instalar o playground, prefira um local ao ar livre, porém coberto. Isso preservará os materiais por mais tempo da agressão dos eventos naturais, como os raios solares e as chuvas. Além disso, as crianças também não ficarão muito expostas em tempos frios ou em temperaturas elevadas.

Não sabe onde encontrar um playground de qualidade para a sua escola? A Aquarela Parques é uma empresa de confiança que possui boas opções, tanto para as crianças menores quanto para as mais velhas. Sempre tem um playground que combina com o seu ambiente escolar!

E então, gostou destas dicas? Compartilhe também nas redes sociais e mostre como a hora do recreio pode ser mais divertida!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo