Gestão de cidades: o que precisa melhorar no município?

Gestão_de_cidades.jpg.jpeg

Uma cidade, para garantir boa qualidade de vida para os seus cidadãos, precisa contar com uma série de serviços. E não se trata apenas de questões básicas, como saúde e educação. Pelo contrário, vai além disso e passa por setores como segurança pública, lazer e entretenimento, trânsito, entre outros aspectos relevantes para o bom convívio social. Para garantir o equilíbrio entre as diversas áreas que precisam de investimentos, é necessário voltar os olhos para a gestão de cidades.

Esse conceito é muito mais que a simples administração de uma cidade. Trata-se de buscar soluções e alternativas que possam tornar os centros urbanos locais mais agradáveis e convidativos para as pessoas que neles vivem. Exigem, portanto, do gestor público um olhar aguçado sobre as necessidades sociais e as particularidades de seu município. Com isso é possível melhorar a qualidade de vida das pessoas e ainda contribuir para o desenvolvimento da cidade.

Neste artigo separamos algumas das tendências para a gestão de cidades. É só conferir os próximos parágrafos.

Trânsito

Problema comum nos grandes centros urbanos, o trânsito também tem se mostrado um motivo de preocupação nas pequenas cidades.

Investir na melhoria do transporte público – com o aumento do número de ônibus e do horário de circulação –, instalar a cobrança de estacionamento rotativo nos centros comerciais, fazer a manutenção das vias públicas e promover conscientização no trânsito são algumas medidas que podem ser implantadas.

Segurança pública

Um dos assuntos que mais têm entrado em pauta nos últimos tempos, a segurança pública se tornou preocupação até mesmo nas cidades consideradas mais pacatas. Com acesso facilitado à tecnologia é possível promover uma série de investimentos que melhoram a segurança na cidade.

Criar um banco de dados compartilhados entre polícia, corpo de bombeiros e centros de saúde permite melhoria nas ações integradas dessas corporações. Instalar um sistema de monitoramento por câmeras de segurança faz com que a reação da polícia a crimes seja mais rápida. Estabelecer uma política de compartilhamento de imagens entre a polícia e o setor privado, como bancos e restaurantes, permite que as autoridades tenham acesso a informações importantes onde não conseguem monitorar.

Áreas verdes

A sustentabilidade é um conceito que entrou em alta nos últimos anos, e aponta para o desenvolvimento de políticas públicas que destaquem o meio ambiente nas cidades.

As cidades contam com vários desses espaços – como parques, jardins e praças –, mas é preciso investir em sua manutenção e até mesmo na criação de outras áreas. Adotar essas políticas permite reduzir a poluição, diminuir a temperatura nas ruas, aumentar o número de sombras, estabelecer para a fauna existente no local, tornar as cidades mais bonitas e agradáveis, e, ainda, criar opções de entretenimento.

Parquinhos

Criar espaços de lazer para as crianças é oferecer locais para que elas possam desenvolver habilidades motoras, habilidades sociais e a capacidade de comunicação, tudo isso aliado ao entretenimento, além de dar opções para que os pais levem os filhos para se divertirem ao ar livre. Logo, o investimento em balanças, gangorras e outros brinquedos coletivos contribui para a qualidade de vida.

Gostou deste artigo sobre gestão de cidades? Compartilhe nos comentários as suas ideias, impressões e opiniões.

cta-prefeituras

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo