4 dicas para evitar acidentes no parquinho da escola

4-dicas-para-evitar-acidentes-no-parquinho-da-escola.jpeg

O playground infantil escolar é uma excelente área de lazer ao ar livre, onde os alunos podem interagir com outros da sua idade, se divertir, ter contato com a natureza e ainda se beneficiar graças aos estímulos que o brinquedo promove em sua saúde e no seu desenvolvimento social.

Porém, é importante não abrir mão de alguns cuidados para evitar acidentes no parquinho da escola. E é justamente pensando em lhe ajudar quanto a essa missão que listamos 4 dicas fundamentais para a segurança das crianças. Confira!

1. Fique atento às roupas das crianças

O vestuário costuma ser um detalhe que passa despercebido por muito adultos, mas que é responsável por alguns acidentes no parquinho da escola.

Isso porque, especialmente no caso de sobreposições de roupas, pode ocorrer do capuz, da camisa, do casaco, e outras peças similares engancharem em alguma parte do brinquedo deixando os pequenos presos ou até mesmo machucá-los.

Além disso, acessórios como cachecóis, lenços, colares e demais bijuterias podem contribuir para acidentes mais sérios, como o estrangulamento. Portanto, esteja sempre atento.

2. Converse com os pequenos sobre acidentes no parquinho da escola

Outra dica importante para evitar acidentes é conversar com as crianças e explicar as regras de boa convivência e uso do espaço. Ou seja:

  • não brigar;

  • não empurrar;

  • não dar encontrões, etc.

Além disso, é fundamental ensinar a elas sobre a importância de dividir, colaborar e compartilhar o brinquedo para que todos possam desfrutar dele de forma igualitária, positiva e sem riscos de acidentes.

3. Informe-se sobre a manutenção do playground infantil

A manutenção do parquinho deve ser feita de maneira periódica para garantir o bem-estar físico de todos os alunos. Por essa razão, é importante se informar sobre essa inspeção e seus resultados.

Afinal, será por meio dela que você se certificará de que:

  • não haja pregos ou parafusos aparentes;

  • brinquedos enferrujados;

  • piso adequado para amortecer possíveis impactos provocados por queda;

  • se a estrutura do brinquedo não está empenada;

  • se sofreu avarias devido à exposição ao sol e à chuva, etc.

4. Certifique-se da faixa etária

Existem playgrounds infantis destinados a determinadas faixas etárias e isso acontece por inúmeros motivos. Um deles é que os parques acompanham o desenvolvimento mental e lúdico das crianças.

Logo, aqueles que são voltados para os pequenos de até 6 anos de idade, por exemplo, não terão os mesmos atrativos e estímulos de um feito para os meninos e meninas de 10 anos.

Além disso, quanto mais novo for o aluno ele naturalmente não terá a mesma coordenação motora, equilíbrio e força dos mais velhos. Ou seja, ficam mais propensos a queda caso estejam em uma versão do brinquedo para crianças maiores.

Por essa razão, é importante certificar-se antes do uso se há alguma placa ou quadro informativo sobre a faixa etária. Caso contrário, incentive a sua presença.

Seguindo nossas dicas você evitará o risco de acidentes no parquinho da escola e garantirá que os pequenos possam se divertir com o máximo de segurança. Mas não esqueça: É fundamental que eles estejam sempre acompanhados e monitorados por um adulto.

Se você gostou de saber mais sobre o assunto, aproveite para compartilhar o texto com seus amigos nas suas redes sociais!

cta-marketing

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo